sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Uma breve reflexão sobre o Natal

Tornou-se uma tradição na sociedade ocidental a comemoração recorrente todo final de ano do Natal. Muitos esperam por esta época ansiosos. Em que pese estarmos habituados a nos envolvermos no chamado “espírito natalino” será que realmente compreendemos o verdadeiro sentido do Natal? Natal nos lembra normalmente presentes, enfeites natalinos, árvores de Natal, e curiosamente neve e Papai Noel. Chamam a atenção os dois últimos itens. A relação entre neve e Natal advém dos filmes de Hollywood e a imagem do Papai Noel surgiu a partir de uma campanha publicitária bem sucedida da Coca-Cola.
Contudo as campanhas publicitárias e a mídia ano a ano nos afastam cada vez mais do verdadeiro “espírito de Natal”. Para alguns esta época do ano é de confraternização, solidariedade, caridade, reencontro, perdão e reconciliação. Sem dúvida são sentimentos nobres que merecem ser cativados. As campanhas publicitárias procuram transformar esta época em época de compras, de consumismo. Porém, muitos não conseguem vislumbrar em todo este período o que deveria ser o seu ponto central.
O Natal é uma data comemorativa para toda a comunidade cristã. Celebra o nascimento do Messias que veio ao mundo para através de seu sacrifício na cruz redimir o homem dos seus pecados e “religar” todos os que nele crêem a Deus, sem necessidade de sacrifícios adicionais ou mediação. O Natal é, portanto, uma época de celebração a Jesus Cristo e de agradecimento a Ele. Que neste Natal possamos encontrar tempo e disposição para reencontrar o verdadeiro “espírito de Natal”. Que cada um possa despender alguns instantes em uma oração de agradecimento ao nosso Deus.

Viva o Natal! Viva Jesus Cristo o nosso Senhor e salvador!

Nenhum comentário:

Postar um comentário