quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Considerações sobre a festa de aniversário de Belém do Pará: a política do pão e circo

Na noite de amanhã, dia 12 de janeiro, a Prefeitura de Belém realizará um grande show em comemoração ao natalício de nossa Belém do Pará. Como parte da festa a cantora Ivete Sangalo estará se apresentando a um custo de R$ 1 milhão. Recurso este que saiu do meu, do seu, portanto, do nosso bolso, via impostos de pagamos religiosamente. Confesso que estou bastante incomodado com este desperdício.
Não que Belém não mereça uma festa grandiosa. Mas fico imaginando, com um mínimo de criatividade, a quantidade de ações em termos de políticas públicas que poderiam ser realizadas com este montante. Se tivéssemos todos os nossos problemas solucionados poderíamos nos dar ao luxo deste gasto. Porém, ainda temos muito por fazer, seja no campo da mobilidade, transporte público, saneamento, infraestrutura, segurança pública, educação básica, e por aí vai. Logo, este gasto acaba se tornando um claro desperdício de recursos públicos.
Ademais, fico imaginando a quantidade de artistas locais que poderiam ser beneficiados e prestigiados com um montante deste. Em vez de um único mega show, seria possível realizar dezenas de eventos em diversas partes da cidade com artistas regionais.
Lamento que a lógica da política do pão e circo ainda permaneça válida em nossa cidade. Certamente milhares estarão pulando ao som do axé na noite de amanhã, mas no dia seguinte tudo continuará como Dantes no quartel de Abrantes.

Ps.: Nós não precisamos de um simples Prefeito, precisamos de um estadista, alguém que tenha uma visão diferenciada e que ajude a pensar e construir uma agenda estratégica para Belém.

Um comentário:

  1. Penso que com este R$ 1 milhão, dava para fazer um grande projeto social para as comundiades de Belém. Com esse R$ 1 milhão uma ação global seria um grande presente para BLM e um excelente uso do dinheiro público em prol da população. É isso ai até meu bolso furou tb rs.rs.

    ResponderExcluir