sábado, 23 de junho de 2012

Semana de definição na política da capital do Pará


O tabuleiro político se apresenta totalmente indefinido nas articulações para as eleições 2012 na Cidade de Belém. Com a data limite para a realização das convenções partidárias, ao que tudo indica as definições de coligações e composições de chapas deverão apenas ser definidas nos últimos instantes. Muito está sendo negociado e pactuado. Alguns partidos estão sendo bastante cotejados neste processo, e como toda “noiva” assediada, estão negociando os “termos” do casamento. Praticamente não há nenhum vice definido dentre os principais atores deste processo. O PV segunda-feira definirá o martelo se estará com Edmilson Rodrigues (PSOL) ou Arnaldo Jordy (PPS). O PSB poderá aderir a uma das candidaturas, estando as articulações com o PPS bastante adiantada. O PMDB ainda não definiu quem será o vice de Priante. Da mesma forma o PSDB guarda a sete chaves o nome do vice de Zenaldo. O PSOL vem encontrando, apesar de seu candidato estar na liderança do processo, dificuldades na composição da chapa. O PT segue ainda indefinido, apesar de já ter sinalizado para o PCdoB o seu interesse em composição. E o candidato do atual prefeito, Anivaldo Vale (PR), apesar de já ter o indicativo de que o seu vice sairá das fileiras do PTB, ainda não tem o seu parceiro de chapa definido. O fato é que muitas águas (articulações) rolarão na política de nossa Cidade Morena nesta semana que vai entrar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário