quinta-feira, 30 de agosto de 2012

BELÉM LEVADA A SÉRIO: NA GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA - PROPOSTAS DE EDUARDO COSTA 23.023


No que se refere à geração de emprego e renda Eduardo Costa – 23.023 se compromete a lutar pela:
1.    Implantação de uma Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana com objetivo de fomentar o desenvolvimento local, a geração de emprego e renda, estimular a cultura empreendedora, e auxiliar na captação de recursos e elaboração projetos de desenvolvimento para a nossa cidade;
2.    Implantação de um programa de desenvolvimento do setor artesanal garantindo a geração de emprego e renda;
3.    Estabelecimento de ações estratégicas para o desenvolvimento pleno do setor produtor de artesanatos cerâmicos de Icoaraci, principalmente por meio da implantação de um projeto estratégico de desenvolvimento do Arranjo Produtivo Local de Cerâmicas Artesanais no distrito;
4.    Implantação de um programa de combate à informalidade por meio do estímulo a qualificação profissional, aumento da empregabilidade, formalização e acesso ao crédito;
5.    Implantação de um programa público municipal que incentive o empreendedorismo, a formação de empresas e o aumento do volume de empregos;
6.    Implantação de uma Incubadora de Empreendimentos Solidários da Prefeitura capaz de orientar e estimular a formação associações de produtores e cooperativas;
7.    Estímulo ao desenvolvimento do cooperativismo com a definição de políticas públicas claras incluindo a criação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento do Cooperativismo;
8.    Implantação de um efetivo programa de estímulo ao desenvolvimento do setor turismo em Belém e adjacências, com ênfase no turismo ecológico, turismo de base comunitária, turismo de aventura e turismo cultural e religioso;
9.    Criação da Secretaria Municipal de Turismo com aumento da verba pública destinada ao setor, e realização de parcerias público-privadas;
10.    Desenvolvimento de um amplo programa municipal de apoio à agricultura familiar e criação de animais para os moradores das ilhas de Belém, garantindo a segurança alimentar e a sustentabilidade desta população.

Para maiores informações:

Obs.: Para receber por e-mail o Plano de Trabalho na íntegra que foi registrado em cartório é só solicitar para o endereço eduardocosta23023@gmail.com

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

BELÉM LEVADA A SÉRIO: NA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA - PROPOSTAS DE EDUARDO COSTA 23.023


No que se refere à saúde e qualidade de vida Eduardo Costa – 23.023 se compromete a lutar pela:
1.    Elaboração de um Projeto de Lei que destine um mínimo de 15% do orçamento municipal para a saúde pública garantindo a universalidade, a integralidade e a equidade;
2.    Aprimoramento e fortalecimento do Programa Saúde na Família;
3.    Implantação de um amplo programa público municipal para tratamento de dependentes químicos e alcoolismo por meio da criação de centros especializados e gratuitos à população carente;
4.    Implantação de um programa público municipal para tratamento de transtornos mentais em idosos (como o Alzheimer, depressão, esquizofrenia, bipolaridade, ansiedade, dentre outros) e para orientação e apoio a familiares e cuidadores;
5.    Elaboração de uma política pública municipal para os portadores de transtornos mentais retirando os mesmos das ruas e dando qualidade de vida aos mesmos e aos seus familiares;
6.    Melhoria dos serviços prestados pelos postos de saúdes e pronto socorros municipais, fiscalizando continuamente a qualidade dos serviços prestados;
7.    Imediata construção de unidades de pronto atendimento em Mosqueiro e Icoaraci;
8.    Estímulo por meio de políticas públicas à prática de atividades físicas, individuais e coletivas, que busquem enfatizar os valores de uma vida saudável, com a Prefeitura disponibilizando espaços públicos e monitores para orientar a população sobre a correta prática de exercícios de forma gratuita;
9.    Implantação de ações em termos de saúde pública preventivas de atendimento a população ribeirinha, evitando o seu deslocamento para os postos de saúde de Belém em busca de tratamentos.

Para maiores informações:

Obs.: Para receber por e-mail o Plano de Trabalho na íntegra que foi registrado em cartório é só solicitar para o endereço eduardocosta23023@gmail.com

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

BELÉM LEVADA A SÉRIO: NA CULTURA POPULAR, ESPORTE E LAZER - PROPOSTAS DE EDUARDO COSTA 23.023


No que se refere à cultura popular, esporte e lazer Eduardo Costa – 23.023 se compromete a lutar pela:

1.    Construção de um Centro de Cultura Popular que oferte cursos gratuitos de teatro, dança, música, pintura e artesanatos;
2.    Implantação de programas públicos de apoio aos esportes amadores, aos campeonatos de bairros e aos jogos estudantis;
3.    Criação de Centros Regionais nos bairros de atividades físicas que ofereçam infraestrutura adequada para a prática de diversos esportes, amadores e olímpicos;
4.    Manutenção e ampliação das academias públicas ao ar livre;
5.    Implantação de programas de esporte e lazer destinados à terceira idade em áreas públicas;
6.    Implantação de um programa de apoio à cultura popular, com destaque para grupos teatrais, quadrilhas juninas e grupos folclóricos;
7.    Universalização em nossa cidade de áreas públicas de lazer, como praças, ao lado de programas da Prefeitura de orientações à prática de exercícios bem com a garantia de segurança pública nestas áreas;
8.    Criação da Orquestra Sinfônica Municipal de Belém.


Para maiores informações:

Obs.: Para receber por e-mail o Plano de Trabalho na íntegra que foi registrado em cartório é só solicitar para o endereço eduardocosta23023@gmail.com


quarta-feira, 22 de agosto de 2012

BELÉM LEVADA A SÉRIO: NA INCLUSÃO SOCIAL E CIDADANIA - PROPOSTAS DE EDUARDO COSTA 23.023


Em relação à inclusão social e cidadania Eduardo Costa – 23.023 se compromete a lutar pela:
1.    Implantação de um programa público municipal de educação financeira para famílias em situação de elevado endividamento e vulnerabilidade social;
2.    Implementação de programas de desenvolvimento da cidadania nas escolas públicas municipais por meio de parcerias público-privadas entre o poder público municipal, ONGs e entidades de classe, destinado tanto aos alunos quanto a comunidade;
3.    Desenvolvimento de uma política pública mais incisiva para o apoio aos moradores de rua, garantindo albergues e alimentação de qualidade, bem como tratamento de saúde e ações destinadas a qualificação profissional e a reintegração social.

Para maiores informações:

Obs.: Para receber por e-mail o Plano de Trabalho na íntegra que foi registrado em cartório é só solicitar para o endereço eduardocosta23023@gmail.com

terça-feira, 21 de agosto de 2012

BELÉM LEVADA A SÉRIO: NA JUVENTUDE - PROPOSTAS DE EDUARDO COSTA 23.023


Com relação à juventude Eduardo Costa – 23.023 se compromete a lutar pela:
1.  Implementação de programas de formação de jovens empreendedores nas escolas públicas municipais por meio de parcerias público-privadas entre o poder público municipal, ONGs e entidades empresariais;
2.  Ampliação das oportunidades de estágios nos órgãos da Prefeitura para alunos do ensino médio e universitários;
3.  Elaboração de parcerias público-privadas envolvendo o poder público municipal e as empresas com objetivo de incentivar programas de contratação de jovens aprendizes.

Para maiores informações:

Obs.: Para receber por e-mail o Plano de Trabalho na íntegra que foi registrado em cartório é só solicitar para o endereço eduardocosta23023@gmail.com

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

BELÉM LEVADA A SÉRIO: NA EDUCAÇÃO - PROPOSTAS DE EDUARDO COSTA 23.023


Na educação Eduardo Costa – 23.023 se compromete a lutar pela:
1.    Consolidação dos alunos das escolas municipais como os principais atores do processo pedagógico;
2.    Implantação de modernas práticas pedagógicas nas escolas municipais, enriquecidas por meio do ensino de disciplinas complementares, como música, pintura, jogos de xadrez, práticas esportivas, artes teatrais e inclusão digital através do ensino da informática;
3.    Valorização do trabalho dos professores nas escolas públicas municipais por meio de aumentos salariais reais (remuneração condigna), programas de qualificação dos docentes ao lado da educação continuada e progressão funcional;
4.    Melhoria na qualidade do ensino, na qualidade da merenda escolar e na segurança pública dentro e ao redor das escolas;
5.    Melhoria na infraestrutura de ensino das escolas públicas municipais, dispondo de salas de aula adequadas, confortáveis e compatíveis com o ensino de qualidade. As escolas devem ser equipadas com auditórios, bibliotecas, laboratórios, gabinetes para reuniões e estudos e áreas de lazer;
6.    Introdução de um programa de educação financeira para os alunos das escolas públicas municipais;
7. Criação de projeto de esclarecimento do papel da Câmara Legislativa Municipal e dos vereadores nas escolas públicas e privadas com objetivo de preparar e qualificar os jovens para exercerem qualificadamente o controle social sobre o Poder Legislativo Municipal e sobre a gestão pública municipal.

Para maiores informações:

Obs.: Para receber por e-mail o Plano de Trabalho na íntegra que foi registrado em cartório é só solicitar para o endereço eduardocosta23023@gmail.com



sábado, 18 de agosto de 2012

PROGRAMA DE TRABALHO EDUARDO COSTA 23.023 “BELÉM LEVADA A SÉRIO!”


Chegou a hora de darmos um basta! A população de Belém precisa ser respeitada e levada a sério. Nesta eleição temos a oportunidade de mudar. Mas para isto precisamos eleger representantes para o poder legislativo municipal que tenham condições de colocar a nossa cidade em uma trajetória diferente de desenvolvimento enfrentando com propostas claras os nossos principais problemas. É neste contexto que Eduardo Costa – 23.023 se apresenta como um candidato diferenciado.
Um dos diferenciais de Eduardo Costa – 23.023 é apresentar um amplo Programa de Trabalho para a vereança, envolvendo compromissos nas áreas da educação, juventude, inclusão social e cidadania, segurança, saúde e qualidade de vida, cultura popular, esporte e lazer, transporte público, mobilidade e acessibilidade, geração de emprego e renda, controle social e transparência da gestão, e planejamento urbano e regional.
É uma proposta diferenciada e qualificada para um mandato de vereador. É um Plano de Trabalho para levar você e a nossa Belém realmente a sério!

Para maiores informações:

Obs.: Para receber por e-mail o Plano de Trabalho na íntegra que foi registrado em cartório é só solicitar para o endereço eduardocosta23023@gmail.com

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

PERFIL E VALORES DE EDUARDO COSTA 23.023



Eduardo Costa, 35 anos, casado e pai de duas filhas, é candidato a vereador pelo PPS com o número 23.023. Foi líder estudantil e militante de causas sociais. Lutou contra a divisão do estado do Pará e vem lutando intensamente pelo desenvolvimento de nosso estado. Economista com Mestrado e Doutorado na área de Planejamento Urbano e Regional pela Unicamp, leciona na graduação e na pós-graduação da Universidade Federal do Pará (UFPA). Foi secretário de estado e Presidente do Conselho Regional de Economia do Estado do Pará (CORECON-PA) por dois mandatos. Atualmente é Conselheiro Efetivo do Conselho Federal de Economia (COFECON), sendo o único representante da Amazônia na entidade, e editor do Blog Economia, Política e Religião.

Candidato a vereador com o número 23.023, Eduardo Costa alia juventude e experiência profissional em gestão e planejamento de políticas públicas. Representa nesta campanha a melhor alternativa pela renovação na política e na luta contra a corrupção. Assume compromisso de legislar a favor da cidadania e da justiça social e de lutar por melhorias na qualidade de vida da população de Belém e na transparência das políticas urbanas. Eduardo Costa lutará para fazer da política um instrumento de transformação da sociedade em benefício daqueles que mais precisam.

Valores do candidato:

1.    Transparência, respeito e ética no trato com a coisa pública;
2.    Defesa da democracia e da liberdade de imprensa;
3.    Respeito às diferenças e a liberdade religiosa;
4.    Defesa da família e dos princípios cristãos.

Para maiores informações:

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

15 de Agosto – temos o que comemorar?


Como estou em plena campanha e sem tempo para fazer uma das coisas que mais gosto, escrever, resolvi, para não deixar passar batido esta importante data, requentar parte do que escrevi um ano atrás. Peço perdão aos leitores por este desleixo, mas espero que entendam.

“Hoje, dia 15 de agosto, é uma data especial na história do Pará. No dia 15 de agosto de 1823 a Província do Grão-Pará e Maranhão aderiu ao império brasileiro, tendo como imperador Dom Pedro I. O fato é que a adesão do Pará ao império foi um acontecimento pouco democrático. Na verdade, a Província do Grão-Pará e Maranhão foi forçada sob ameaça de invasão militar a aderir à independência brasileira. Até então, a Província  do Grão-Pará tinha muito pouca relação econômica e política com o restante do Brasil, e estabelecia relações diretas, sem mediações, com a Metrópole, Portugal.
Em meio a chantagens e ameaças a elite paraense da época “negociou” com o império brasileiro a adesão, recebendo em troca a garantia de que os cargos públicos permaneceriam intocados. Alguns poucos ensaiaram uma corajosa resistência, tendo esta tragicamente acabado no episódio do Brigue Palhaço, quando 256 paraenses contrários a adesão foram asfixiados no porão do navio São José Diligente. Alguns anos depois, no ano de 1835, movimentos populares também foram cruelmente reprimidos na Revolta da Cabanagem.
   O fato é que o Grão-Pará deixou efetivamente de ser uma colônia de Portugal para se tornar uma colônia brasileira. Até hoje vivemos sob os auspícios de um novo pacto colonial imposto pela República Federativa do Brasil. O pacto federativo brasileiro é lesivo ao estado do Pará. Falta um projeto de nação para a Amazônia, e este rincão do Brasil é pensado somente como mero fornecedor de produtos naturais, insumos e matérias-primas. O Brasil não tem um projeto de desenvolvimento para a Amazônia e quando se pensa este pedaço do país, é pensado somente no fluxo out. Exemplos claros desta distorção federativa é a Lei Kandir e a “ilógica lógica” de cobrança do ICMS de energia elétrica somente no destino.
Concluo afirmando que precisamos de uma nova Cabanagem. Precisamos nos libertar deste colonialismo interno.”

domingo, 12 de agosto de 2012

O que dizer da primeira pesquisa eleitoral IBOPE para Prefeitura de Belém


A capa do jornal O Libera estampa no dia de hoje a primeira pesquisa eleitoral para a Prefeitura de Belém. Tirando o universo muito pequeno da amostra, 602 pessoas entrevistadas, é possível levantar algumas questões sobre os números apresentados. Não há dúvida que Edmilson Rodrigues (PSOL) está em primeiro lugar nesta disputa, porém o percentual apresentado de 42% encontra-se superestimado. Também está sobre estimado o percentual de 22% do candidato do PMDB, José Priante. Aparentemente Zenaldo Coutinho do PSDB encontra-se em patamar bastante coerente. Contudo, Arnaldo Jordy do PPS, com 7%, Anivaldo Vale do PR, com 2% e Alfredo Costa do PT, com 1%, encontram-se com percentual subestimado.  Priante (PMDB), Zenaldo (PSDB) e Jordy (PPS) encontram-se embolados na briga para a ida ao segundo turno com Edmilson Rodrigues (PSOL), mas ninguém deve subestimar o candidato do atual prefeito, Anivaldo Vale (PR). Quando a máquina da Prefeitura começar a operam em favor do candidato do Dudu certamente este se qualificará para a disputa. Também não acredito que o candidato do PT, Alfredo Costa, tenha menos do que 5% dos votos nesta eleição. Uma coisa é certa, um segundo turno entre Edmilson Rodrigues (PSOL) e José Priante (PMDB) é tudo o que o Governador Simão Jatene não precisa para dificultar ainda mais o projeto tucano de reeleição. Com qualquer um dos dois eleitos para a Prefeitura de Belém o PMDB deverá antecipar o seu projeto de 2018 para 2014, com possível composição com o PT. Mas, muita água ainda vai rolar nesta eleição, principalmente quando a campanha televisiva começar dia 21 de agosto.

Ps.: Ainda aguardo ansioso pela apresentação de propostas pelos candidatos para o desenvolvimento de nossa cidade. Espero que nesta campanha tenhamos mais conteúdo e menos plasticidade midiática. 

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Semana do Economista 2012 - “Educação financeira e finanças pessoais: caminhos para uma sociedade sustentável”


Estão abertas as inscrições para a Semana do Economista 2012. Este ano, a temática aborda a importância da educação financeira para uma vida mais tranquila e livre de contratempos. O objetivo do encontro é divulgar e fortalecer a atuação profissional do economista na sociedade, seja no setor público ou privado, e promover um ambiente favorável à discussão  sobre o desenvolvimento nacional e regional. Participam do evento, além de economistas, empresários, gestores públicos, acadêmicos em economia, estudantes das mais diversas áreas e a sociedade em geral. A Semana do Economista acontece entre os dias 13 e 17 de agosto, no Sebrae e na Casa do Economista (ver programação abaixo). 

Dia 13 de Agosto

15h às 15:30h - Presidente CORECON/PA – Palavra Alusiva ao “Dia do Economista”
15:30h `as 17h – Mini Curso: “Educação Financeira”
Palestrante: Guaraciaba Silva Sarmento
Local: Casa do Economista                
15h às 18h – Balcão de atendimento sobre educação financeira
Responsável: Patrícia Maslova Godoy e alunos.
Local: Casa do Economista
18:30h às 19h – Convênio: Assinatura de Acordo de Cooperação Técnica entre TRT e CORECON/PA
19h às 20:30h “Aula inaugural do Curso de Elaboração de Projetos Sociais”
Palestrante: Profª. Mônica de Nazaré Corrêa
Local: Casa do Economista

Dia 14 de Agosto
15:30h `as 17h – Mini Curso: “Educação Financeira”
Palestrante: Oberdan Pinheiro Duarte
Local: Casa do Economista
15h às 18h – Balcão de Atendimento sobre Educação Financeira
Responsável: Patrícia Godoy e alunos.
Local: Casa do Economista
16h às 18h – Oficina – “Normas de enquadramento de projetos de Fomento com Recursos do FNO” (BANCO DA AMAZÔNIA)
Ministrante: Eryka Patrícia Pinheiro Leite
Local: Casa do Economista

4.3. – Atividades Oficiais – 15 a 17 de agosto de 2012
Local: SEBRAE/PA

Dia 15 de Agosto
18:30h às 20:30h – Mesa Redonda: “Reflexos da Economia Mundial na Economia Brasileira”
Moderador: Antônio Ximenes Barros (CORECON/PA)
Debatedores: Dr. David Ferreira Carvalho (UFPA),  Dr. Antonio Márcio Buainain (UNICAMP) e Dr. Róridan Penido Duarte (Membro da Comissão de Políticas Econômicas do COFECON)
21h – Coquetel

Dia 16 de Agosto
Local: SEBRAE/PA
16h às 17:15h – Mesa Redonda: “O Perfil do Economista II”
Moderador: Hélio Santana Mairata
Debatedores: Marcus Holanda, Pablo Damasceno e Maria Lúcia Bahia.
17:30h 18:15 – Síntese Analítica do VI ENAM
Expositores: Conselheiro João Tertuliano, Conselheira Maria Lucia Bahia e Ramiro Nazaré.
18h às 19:45h– Mesa Redonda: “Educação financeira e finanças pessoais: caminhos para uma sociedade sustentável”
Moderador: Economista Patrícia Maslova Godoy 
Debatedores: Professor Cláudio Cavalcanti Ribeiro - Secretário de Estado de Educação (SEDUC); Oberdan Pinheiro Duarte - Conselheiro do CORECON/PA e José Luiz Pagnussat – Professor da ENAP/DF

Dia 17 de Agosto
Local: SEBRAE/PA
18:30h  às 20h - Palestra –  “Educação Financeira ao alcance de todos”.
Moderador: Kleber Mourão
Palestrante: Professor Reinaldo Domingos (DSOP/SP)
20:15h – Entrega de Prêmiações
Prêmio de Monografia “Armando Corrêa Pinto”
22h – Jantar por Adesão  
Local: a definir

Evento Programa Cidades Sustentáveis


No dia, 14/08, às 16h, o Programa Cidades Sustentáveis, por meio da Rede Nossa Belém, promoverá o evento "Programa Cidades Sustentáveis: uma proposta para o desenvolvimento justo e sustentável dos municípios paraenses". Na ocasião, dirigentes partidários, candidato(a)s a prefeito(a) da Região Metropolitana de Belém, poderão assinar a carta-compromisso com o Programa Cidades Sustentáveis, incorporando a sua plataforma eleitoral uma agenda para a sustentabilidade dos municípios que administrarão a partir de 2013.
Além dos representantes dos partidos políticos, representantes de órgãos de controle governamental e de entidades da sociedade civil serão convidados a participarem do evento e desenvolverem ações em conjunto com os municípios participantes do Programa Cidades Sustentáveis.
O evento tem o objetivo de ratificar os compromissos já assumidos por pré-candidatos e candidato(a)s a prefeito(a) que ainda não assinaram a carta-compromisso, bem como apresentar as possibilidade de abordagem pela sociedade civil antes e depois das eleições municipais.
Em Belém, já assinaram a carta-compromisso, ainda na condição de pré-candidatos: Zenaldo Coutinho (Coligação União Em Defesa de Belém), Alfredo Costa (Coligação Frente Popular Muda Belém) e Arnaldo Jordy (Coligação Belém Tem Jeito). Edmilson Rodrigues (Coligação Belém Nas Mão do Povo) assinou o referido documento na condição de dirigente partidário.
Em nível estadual, dez partidos políticos já assinaram a carta-compromisso, por meio de suas representações estaduais: PSDB; PPS; PV; PMN; PSDC; PTN; PT do B; PRP e PSOL. O partido DEMOCRATAS assinou o compromisso pelo Diretório Municipal de Belém.
A iniciativa conta com o apoio de diversas entidades, movimentos e voluntário(a)s, como o Fórum Amazônia Sustentável; o Observatório Social de Belém; o Comitê Estadual de Combate à Corrupção Eleitoral; a Comissão de Justiça e Paz da CNBB Norte II; o Programa de Voluntariado da Classe Contábil do CRC/PA; o Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado do Pará - OCB/PA e o IMAZON, dentre outros.
O evento é gratuito e as inscrições poderão ser feitas pelo email nossabelem@gmail.com, enviando os seguintes dados: nome completo, profissão, nome da organização a qual está vinculada e telefones para contato.

Evento: "Programa Cidades Sustentáveis: uma proposta para o desenvolvimento justo e sustentável dos municípios paraenses"
Data: 14/08/2012
Horário: 16h às 18h
Local: COOPERATIVA UNICRED BELÉM, Trav. Humaitá, 1001, entre as avenidas Marquês de Herval e Pedro Miranda

Programação
16h Credenciamento
16h30 Abertura
16h40 Programa Cidades Sustentáveis - Maurício Broinizi Pereira - Coordenador-Geral do Programa Cidades Sustentáveis e Coordenador da Rede Nossa São Paulo
17h Estratégias para implementação do Programa Cidades Sustentáveis pela sociedade civil -Ivan Costa - Presidente do Observatório Social de Belém /Secretaria Executiva da Rede Nossa Belém
17h20 Debates e assinaturas das cartas-compromisso e termos de colaboração com o Programa Cidades Sustentáveis
18h00 Considerações finais – Encerramento

Informações: Ivan Costa - 91 8862-9992 /  8412-8598 -- Tarcísio Feitosa - 91 8357-7494

Visite o site do Programa Cidades Sustentáveis e da Rede Nossa Belém:www.cidadessustentaveis.org.br  www.movimentonossabelem.blogspot.com

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Acessibilidade, você sabe o que é isso?



A questão da acessibilidade passou a ser tema central a ser discutido nesta campanha. Curiosamente a maior parte dos candidatos a vereador e a Prefeito tem ignorado tal tema em suas plataformas de trabalho. Mesmo quem não possui limitações tem imensa dificuldade em transitar em nossas calçadas, ruas e nos transportes coletivos, imaginem os deficientes físicos e os cadeirantes. Precisamos de políticas inclusivas.
Em função disto coloquei a questão da acessibilidade como uma das minhas prioridades de trabalho no Plano de Trabalho que registrei em cartório. Precisamos desta forma, de ações e políticas mais eficazes para os portadores de necessidades especiais, bem como adequação das vias e calçadas para garantir a plena acessibilidade, garantindo o pleno cumprimento das leis de acessibilidade.
Quem tiver o interesse de ler o meu Plano de Trabalho para Vereança pode solicitar uma cópia digital através do e-mail: eduardocosta23023@gmail.com

domingo, 5 de agosto de 2012

Membros da CEIA que são candidatos são apresentados


Na manhã de hoje, domingo dia 05 de agosto, o Pastor Jedilson Rodrigues, Pastor Presidente da Comunidade Evangélica Integrada da Amazônia (CEIA), apresentou no Culto de Santa Ceia os dois candidatos a vereador no município de Belém que são membros da igreja, Eduardo Costa e Caxinauá. Admiro a forma como o meu amado pastor conduz as questões políticas na igreja. Na CEIA o rebanho é orientado a votar de forma consciente, mas o púlpito jamais é usado como palanque político. Espero que nesta eleição possamos renovar em grande parte a nossa Câmara de Vereadores e colocar como representantes do povo pessoas que primem como seus principais valores pela:
1.  Transparência, respeito e ética no trato com a coisa pública;
2.  Defesa da democracia e da liberdade de imprensa;
3.  Respeito às diferenças e a liberdade religiosa;
4.  Defesa da família e dos princípios cristãos.


sábado, 4 de agosto de 2012

AS PEDRAS NÃO CLAMARÃO


Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho

Vez por outra, querendo desafiar a igreja à evangelização e missões, alguém diz: “Se não pregarmos, as pedras clamarão”. A pessoa se vale de Lucas 19.40: “‘Eu lhes digo’, respondeu ele, ‘se eles se calarem, as pedras clamarão’”. Mas a exegese é equivocada. Jesus não disse que se não se evangelizássemos as pedras o fariam.
A multidão se empolgou com a entrada de Jesus em Jerusalém, montado num jumento, cumprindo a profecia de Zacarias 9.9. Considerando seus milagres e esta entrada apoteótica, começou a gritar: “Bendito é o rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas alturas!” (v. 38). Os fariseus pediram a Jesus que calasse seus adeptos. Era um absurdo o que eles faziam! Aclamavam Jesus como o rei esperado, apregoando sua messianidade! Jesus diz que isto é tão óbvio que “se eles se calarem, as pedras clamarão” (v. 40).  Era tão evidente que ele era o Esperado, o Prometido, que se “eles” (aqueles) se calassem as pedras clamariam. Evangelização e missões não estão em foco.
Se nos calarmos e não falarmos de Jesus, ninguém o fará. Pedras não pregam o evangelho. Só os salvos por Jesus podem fazê-lo. Se pedras clamassem seria mais cômodo despejar caminhões de brita nos campos missionários que enviar pessoas e sustentá-las. A omissão dos cristãos em seu testemunho não é suprida de maneira alguma. Deus escolheu a loucura da pregação (1Co 1.21), não o envio de pedras.
Missões é cumprimento da responsabilidade que o Senhor nos outorgou. O “Ide” e a “Grande Comissão” deixam claro que falar de Jesus é atribuição nossa. Por isso que evangelização e missões devem ser uma constante na vida da igreja, e não algo episódico, festas anuais. Deve ser um estilo de vida. Missões estaduais é a oportunidade de mostrar nosso amor pelo Amapá, um estado pouquíssimo evangelizado. Poucas igrejas, igrejas pequenas, gente sem visão do todo e pensando apenas em seu quintalzinho, seu nome, sua glória. Precisamos de compromisso. Comovi-me ao ver a entrada da bandeira do Amapá e a igreja cantando o hino do estado. Comove andar pelo interior e ver congregações pequenas, templos de madeira (alguns mal conservados), obreiros sérios, por vezes desassistidos. Enquanto isso, muitos se omitem de testemunhar, orar, contribuir e ir lá. Não basta orar e contribuir. É preciso ir. O Amapá é campo missionário. Macapá é campo missionário. Um crente que não comparte sua fé peca contra o reino de Deus. Pedras não pregarão.
Pedras não oram, não contribuem nem testemunham. Só nós. Se nos calarmos, as pedras não clamarão e as pessoas não ouvirão o evangelho. Deixemos as pedras de lado e testemunhemos de Jesus.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Mais um dia intenso


Hoje o dia foi muito intenso. Começamos fazendo corpo a corpo no Ver-o-Peso pela manhã. A tarde fizemos uma caminhada na Pedreira e terminamos o dia em uma reunião no Conjunto Panorama XXI. Cansado mas com a sensação de dever, somente por hoje, cumprido. Amanhã iremos realizar uma caminhada no Paraíso Verde - Curió Utinga, pela manhã.

Prêmio Celso Furtado 2012 tem inscrições prorrogadas até 31 de agosto


Os interessados em concorrer ao Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional Edição 2012: homenagem a Rômulo de Almeida podem efetuar a inscrição até 31 de agosto. O período para realizar a inscrição foi prorrogado com o objetivo de possibilitar acesso ao Prêmio por um maior número de segmentos representativos da sociedade brasileira de todas as regiões do país. O Prêmio   tem a missão de identificar e valorizar trabalhos de acadêmicos, pesquisadores e implementadores de projetos que promovem o‘Desenvolvimento Regional'.
A premiação soma mais de R$ 209 mil a ser distribuído aos vencedores das três categorias, sendo elas "Produção do Conhecimento Acadêmico"; "Práticas Exitosas de Produção e Gestão Institucional” e “Projetos Inovadores para Implantação no Território".
Criado pelo Ministério da Integração Nacional por meio de sua Secretaria de Desenvolvimento Regional, neste ano, o prêmio homenageia o professor e economista baiano Rômulo de Almeida, por sua importante contribuição para o desenvolvimento socioeconômico e regional do Brasil.

Clique aqui e saiba mais