terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Salmo 1 - Uma reflexão sobre os justos e os ímpios


Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha. Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá. 

Reflexão
O Salmo 1 traz uma bela reflexão sobre o nosso círculo íntimo de influências. O líder insensato pode se perder por causa de um círculo íntimo corrupto dando ouvidos a conselhos errados. Porém, o líder sábio além de meditar constantemente na palavra busca orientações em um circulo íntimo correto que lhe proporciona: estabilidade, suporte e alívio interior, resultados e produtividade, força e durabilidade e sucesso. Para reflexão: em que círculo você está buscando orientações? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário