terça-feira, 11 de junho de 2013

Relatório da CGU aponta fraudes no Bolsa Família

No dia de ontem o Portal UOL divulgou notícia sobre o relatório da Controladoria Geral da União (CGU) referente ao Programa Bolsa Família, que hoje é o maior programa social do mundo, atendendo mais de 13 milhões de famílias brasileiras. Tendo como ano de análise 2012 o relatório apontou indícios de irregularidades, com destaque a pessoas que estariam recebendo o auxílio, porém teriam renda per capita superior a meio salário mínimo, uma das regras para se cadastrar no programa. Ao todo mais de 5 mil benefícios foram identificados nesta situação por meio de uma análise amostral. Ademais, o relatório destacou a falta de controle da frequência escolar e do cartão de vacinação das crianças, inexistência de comissão gestora do programa e indício de desvio de recursos.
O relatório mostra que a CGU está cumprindo a sua missão institucional com independência. A partir do que foi apontado cabe ao governo adotar medidas para corrigir as falhas e as fraudes. Destaco que não resta dúvida de que o Bolsa Família se consolidou como um importante programa social. Contudo, ainda há muito para ser aperfeiçoado, principalmente na criação de mecanismos que deem as famílias beneficiadas condições para em um determinado período de tempo deixarem de depender do programa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário