quinta-feira, 13 de junho de 2013

Xadez político de 2014 ganha novo nome

Recebi com satisfação mensagem compartilhada de uma revelação feita por Charles Alcântara se colocando como provável candidato a governo do estado do Pará. Auditor Fiscal e Presidente do Sindifisco-PA, Alcântara foi Secretário da Fazenda e Chefe da Casa Civil no governo Ana Júlia. Saiu do governo em uma "queda de braço" por disputa de espaço rompendo com o PT e com a DS, respectivamente partido e corrente nos quais militava. Na ultima eleição para Prefeitura de Belém coordenou a campanha do candidato do PSOL, Edmilson Rodrigues.
Após a eleição municipal aproximou-se do projeto de Marina Silva de criação de um novo partido, o REDE. Após conversas com a liderança nacional do movimento, assumiu a coordenação no estado do Pará. Agora declara publicamente a sua intenção de se candidatar a governo do estado do Pará. Torço para que a sua candidatura se concretize pois sei que ele tem conteúdo para elevar o debate na próxima eleição.

A segui transcrevo a declaração pública que Charles Alcântara fez:


“Revelação

Descendente direto de negros (por parte de pai) e de índios (por parte de mãe), este cidadão paraense tem sido tomado por um misto de vontade e sonho: o de disputar o governo do Pará.

Não estou lançando a minha candidatura (ou pré-candidatura, como eufemisticamente verbalizam argutos candidatos). Estou apenas – que fique claro - expressando uma vontade, declarando uma disposição, revelando um sonho, cometendo um atrevimento.
Sei, porque não sou ingênuo, que pagarei um preço alto pelo atrevimento. Alguns não mais se reportarão ou se referirão a mim como sempre o fizeram; outros não mais atribuirão a mim as virtudes que sempre me atribuíram; tantos outros descobrirão e destacarão os muitos defeitos de que padeço; outros vasculharão a minha vida e, mais ainda, a vida dos meus ascendentes, colaterais e descendentes, em busca de pecados, vícios, máculas.
Sei, porque não sou ingênuo, que enfrentarei pesadas consequências pelo atrevimento.
Mas estou – pelo menos acho e sinto que estou – preparado para encarar as pesadas consequências, porque sinto leves o meu espírito e a minha consciência.
Pronto. Está declarado!




Nenhum comentário:

Postar um comentário