quinta-feira, 18 de julho de 2013

Do cenário nacional ao cenário estadual



Os últimos movimentos políticos e as mobilizações sociais ocorridas recentemente potencializaram a candidatura de Marina Silva (REDE) como sendo a “terceira via” no cenário político nacional para 2014. Não resta dúvida de que se Marina Silva vier mesmo candidata a Presidência da República ela entrará no jogo com um grande potencial de crescimento. 
Natural, por outro lado, que uma candidatura em ascensão no cenário nacional influencie decisivamente o que acontece no cenário local. Assim, com a antecipação da campanha para o Governo do Estado estampada diariamente nos dois maiores jornais do Pará, e eventual desgaste que esta antecipação imputará aos dois principais blocos que disputarão o poder, que estão sendo consolidados no atual cenário, é possível que também no Pará uma “terceira via” acabe ganhando espaço e se constituindo como “fiel da balança”. Ainda mais se a “terceira via” estadual estiver colada a uma “terceira via” nacional em ascensão. É por isto que se deve prestar mais atenção a pré-candidatura de Charles Alcântara (REDE-Pará) ao governo do estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário