terça-feira, 3 de setembro de 2013

CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA


Nos dias 04 a 07 de setembro será realizado em Manaus o XX Congresso Brasileiro de Economia. O evento é realizado a cada dois anos e reúne economistas, empresários, professores, estudantes, autoridades e interessados em geral. São esperados cerca de mil participantes nesta edição.
O tema central do Congresso é "Economia Verde, Desenvolvimento e Mudanças Econômicas Globais". Trata-se de um assunto cada vez mais presente na pauta de debates sociais, um aspecto da realidade que não pode mais ser passado por alto pela economia.
Como ampliar os benefícios do desenvolvimento para todos os países preservando a vida na Terra? Os mesmos padrões de consumo vigentes no mundo rico podem ser expandidos para as demais nações? Os instrumentos, métodos e teorias econômicas vigentes são suficientes para lidar com a inclusão do ambiente e as demandas sociais nos cálculos econômicos? As transformações econômicas globais facilitam ou criam obstáculos para que a qualidade de vida na Terra amplie-se, tanto social quanto ambientalmente? Estas e outras questões serão discutidas durante o CBE por especialistas de renome nacional e internacional.
Entre os palestrantes anunciados encontram-se Antônio Corrêa de Lacerda, Dan Biller, Gesner Oliveira, Helmut Haberl, Ignacy Sachs, James Kahn, Ladislau Dowbor, Renato Baumann, Sérgio Abranches, Vera Rita de Melo Ferreira e Wilson Cano.
Um dos destaques da noite de abertura, juntamente com a conferência magna de abertura, é a entrega do Prêmio Brasil de Economia. Ao todo, serão distribuídos R$ 48 mil em prêmios aos autores dos melhores trabalhos em cinco categorias: livro de economia, tese de doutorado, dissertação de mestrado, artigo técnico/científico e monografia de graduação.
A programação do evento inclui ainda palestras, apresentações de trabalhos, minicursos, exposições e a realização da III Gincana Nacional de Economia, na qual estudantes competirão entre si medindo conhecimentos num jogo eletrônico que simula a administração de variáveis macroeconômicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário