quinta-feira, 21 de novembro de 2013

A vaga para o Senado em 2014: a construção dos “arcos de aliança”


Historicamente é fato de que neste momento pré-eleitoral muitas pré-candidaturas são postas com o objetivo de barganhar composições políticas e apoios para as disputas aos cargos de deputado federal e estadual. Algumas destas pré-candidaturas apresentadas parecem se inserir neste quadro. Por outro lado, dentro de um mesmo arco de aliança, torna-se insustentável o lançamento de mais de duas candidaturas.
Neste ponto, o arco de aliança que apoiará a provável candidatura de Simão Jatene (PSDB) a reeleição, terá que fazer um enorme exercício de composição, definindo dentro do espectro do PSDB, PSB, SDD, PP e DEM, quais serão os dois candidatos prioritários. Especulações de bastidores apontam que provavelmente estas duas vagas na disputa ficarão mesmo com Mário Couto (PSDB) e Sidney Rosa (PSB), o que garantirá a Jatene a presença importante nos palanques presidenciáveis de Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).
Já no arco de alianças que se articula em torno da pré-candidatura de Helder Barbalho (PMDB) esta questão está bastante pacificada, com Paulo Rocha (PT) sendo até o momento o único candidato desta coligação em construção, garantindo ao candidato peemedebista o palanque presidenciável de Dilma Rousseff (PT).

Nenhum comentário:

Postar um comentário