segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Independência do Banco Central?


Considero um verdadeiro absurdo esta discussão no Congresso Nacional a respeito da independência do Banco Central. Primeiro porque o PMDB, sob o comando de Renan Calheiros, está usando a questão para chantagear publicamente a Presidente Dilma. É a mais sórdida prática do toma lá dá cá. Segundo porque este pensamento neoliberal rasteiro representa um velho sonho do capital especulativo financeiro, principal beneficiário da atual política econômica nacional, abocanhando 43% do orçamento público federal somente com pagamento de juros e amortizações da dívida pública.
Ademais, a independência do Banco Central significa que o governo abriria mão de um importante instrumento de política macroeconômica, a política monetária. Logo, em vez de termos o mercado a serviço do Estado e da sociedade, teríamos o Estado e a sociedade a serviço do mercado. Seria a perpetuação da ortodoxia neoliberalizante, com a manutenção desta política de juros alto e de baixo crescimento econômico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário