sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Política de Arranjo Produtivos Locais deve se firmar em até uma década



      Apenas 200 das 1,3 mil aglomerações estão maduras, avalia o MDIC. Uma década após ser reconhecida pelo governo federal e passar por altos e baixos ao longo desse período, a política de Arranjos Produtivos Locais (APLs) ainda deve levar de cinco a dez anos para se consolidar no Brasil. A estimativa é do coordenador-geral de Sistemas Produtivos Locais do Ministério do Desenvolvimento, Indústria de Comércio Exterior (MDIC), Ricardo Romeiro. O dirigente esteve ontem em Porto Alegre para participar da Conferência dos APLs do Rio Grande do Sul.

Saiba mais: http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=138788

Nenhum comentário:

Postar um comentário