segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Luiz Alberto Machado – da renúncia pessoal ao fortalecimento institucional


Há exemplos que precisam ser destacados, principalmente quando se tratam de atos de renuncia pessoal que fortalecem as instituições. Isto aconteceu na eleição do Conselho Federal de Economia (COFECON) quando o Conselheiro Luiz Alberto Machado (SP) abriu mão de sua legítima candidatura em favor da unidade do sistema. Luiz Alberto Machado – que exerceu a vice-pesidência do COFECON, e foi presidente em exercício, em função do afastamento do presidente em decorrência de problemas de saúde – deixou um legado, o de que o COFECON está acima de interesses pessoais, e de que a liderança é um ato de conquista meritocrática. Assim, mesmo não tendo concorrido, Machado ratificou a sua liderança ante a Plenária do COFECON e ante a categoria dos economistas brasileiros.
Tinha total mérito e condições de ser Presidente do COFECON, mas abdicou em favor da categoria. Que este exemplo prolifere, principalmente junto daqueles que fazem de tudo em favor de cargos e holofotes. É o exemplo de que não precisa estar em evidência para ajudar na construção do que é coletivo, em contraponto ao exemplo daqueles que fazem de tudo para aparelhar as entidades e direcionam os mandatos para o atendimento de fins privados.
Obrigado Machado, pela amizade conquistada e pelo exemplo deixado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário