segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Nota sobre o falecimento do cinegrafista Santiago Andrade


Foi com muita tristeza que recebemos hoje a notícia de que o cinegrafista da Rede Bandeirantes de Comunicação, Santiago Andrade, teve morte cerebral. O ocorrido foi o desfecho de uma tragédia já anunciada. Sempre defendi o direito democrático de a sociedade protestar, mas com ordem, decência e sem violência.
Lamento que nos últimos meses grupos infiltrados nas manifestações legítimas venham recorrentemente promovendo atos de violência, desordem e vandalismo. Repudio a atitude do grupo denominado de Black Bloc e de todos aqueles que usem das manifestações públicas legítimas de espaço para a promoção de qualquer tipo de violência. A sociedade não pode aceitar mais a participação irresponsável destes bandidos “travestidos” de manifestantes, pois os mesmo prestam um desfavor a qualquer ato público de protesto ao tirar o foco do que está sendo reivindicado.
Adicionalmente, é importante que seja investigada a ligação de partidos políticos e de políticos no incentivo e na promoção de qualquer ato de violência. Em um Estado Democrático e de Direito partidos políticos, e políticos com mandato ou não, precisam dar o exemplo e orientar a sua militância sobre os limites e as formas de manifestação, sob pena de co-responsabilização.
Espero que a sociedade continue se manifestando. Isto significa que estamos evoluindo e deixando de sermos lenientes com atos de improbidade administrativa e de corrupção. Mas espero que as manifestações daqui em diante ocorram sem nenhum tipo de violência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário