terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Fapespa assina convênio de apoio ao Polo Cientifico e Tecnológico de Pesca e Aquicultura em Bragança

A Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica do Pará (SECTET) e Universidade Federal do Estado do Pará (UFPA), realizou na última segunda-feira, 30, no auditório do Instituto Santa Terezinha, em Bragança, a cerimônia de Assinatura do Convênio 001/2017 de Apoio à Implantação e Operacionalização do Polo Cientifico e Tecnológico de Pesca e Aquicultura do Nordeste Paraense, na UFPA campus Bragança, com investimento no valor total de R$ 3,4 milhões.

O objetivo do convênio é a implantação e operacionalização do centro de pesquisas em aquicultura, o Ceanpa, que permitirá o fortalecimento de pesquisas da área, favorecendo a geração e transferência de tecnologia e conhecimento. Além disso, a parceria beneficiará a formação de profissionais do curso de Engenharia de Pesca, pós-graduação em Biologia Ambiental e em Aquicultura e Pesca, estimulando o desenvolvimento sustentável do setor no Nordeste paraense.

Esse convênio é um marco para a história de Bragança. Ele tem o valor de R$ 1,3 milhão com a UFPA e já há sinalização de um outro convênio de R$ 1 milhão com o IFPA, além do lançamento de um edital para pesquisa de R$ 1,5 milhão. Estamos fomentando fortemente a pesquisa e a implantação de um polo de Pesca e Aquicultura em Bragança de modo que a região possa se constituir como referência na produção de conhecimento, melhoramento genético, produção dos peixes típicos da Amazônia. A superação da nossa condição de subdesenvolvimento e a construção de uma nova trajetória de desenvolvimento do estado requer investimento em ciência, tecnologia, pesquisa, mas, também, a criação de núcleos de excelência em pesquisa no interior do estado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário