quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

ONU declara 2017 o "Ano do Turismo Sustentável"

O ano de 2017 foi declarado pela Organização Mundial do Turismo (OMT), agência das Nações Unidas, como o Ano Internacional do Turismo Sustentável. Com a declaração, a OMT pretende estimular a adoção de políticas públicas para o setor e promover o avanço da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que tem o fortalecimento do turismo entre suas metas. De acordo com as Nações Unidas, um em cada 11 empregos no mundo são gerados pelo turismo. Além disso, o setor responde por 7% das exportações mundiais e 10% do Produto Interno Bruto (PIB) global. O anúncio oficial do Ano Internacional do Turismo Sustentável será no dia 18 de janeiro, durante uma feira em Madri.

Aproveito a notícia para destacar alguns dados a nível local, que apontam que o estado do Pará, de 2012 a 2015, apresentou crescimento de 28% no número total de visitantes motivados pelos seus atrativos turísticos, o que possibilitou um incremento quantitativo de 1,1 milhão de turistas em 2015, quando foi injetada uma receita total, pelos visitantes, de US$ 187 milhões na economia do estado. Esses números foram apontados no Boletim do Turismo do Estado do Pará, estudo inédito lançado no dia 30 de março de 2016, pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) em parceria com a Secretaria de Estado de Turismo (Setur).
Além de dar destaque para os principais atrativos do estado com uma descrição dos seis polos turísticos denominados Belém, Xingu, Tapajós, Marajó, Amazônia Atlântica e Araguaia, o estudo mostra alguns indicadores relativos ao fluxo de turistas, geração de emprego, investimentos diretos e indiretos, entre outros dados. Também aproveito para adiantar que, este ano, a Fapespa irá divulgar um novo Boletim do Turismo do Estado do Pará. Compartilho com vocês o link do Boletim de 2016: www.fapespa.pa.gov.br/produto/boletins/113?&mes=&ano=2016


Nenhum comentário:

Postar um comentário